Cirurgião-dentista: saiba como evitar lesões por esforço repetitivo

 

Estudos científicos demonstram que diversas lesões são adquiridas devido às más posturas exercidas em diversos ramos profissionais, ente eles, o da Odontologia. Durante os procedimentos, o cirurgião-dentista é obrigado a assumir uma postura cifótica, com ligeira rotação e hiperlordose da coluna cervical para conseguir visualizar a boca de seu paciente, além de manter contraídos os músculos do trapézio e deltoides durante a execução de seu trabalho.

As principais queixas são lombalgias, lombociatalgias, torcicolos, chegando a desenvolver até mesmo lesões graves, como hérnias de disco cervical e lombar. Para prevenção, faz-se necessário realizar exercícios de fortalecimento da região cervical, tais como isometrias em flexão e extensão do pescoço. Além disso, a cada meia hora de trabalho, ou entre um paciente e outro, deve realizar alongamentos nessa região.

Para a região lombar é necessário realizar exercícios de fortalecimento da musculatura do core, ou seja, músculos abdominais, glúteos e quadrado lombar, responsáveis por dar sustentação à postura. O alongamento também é indicado nas pausas estratégicas. Quanto mais treinada a musculatura, menor a ocorrência de dores e lesões que levam ao afastamento do trabalho, acarretando prejuízos financeiros.

Fonte: Implant News

Cirurgião-dentista: saiba como evitar lesões por esforço repetitivo

 

Estudos científicos demonstram que diversas lesões são adquiridas devido às más posturas exercidas em diversos ramos profissionais, ente eles, o da Odontologia. Durante os procedimentos, o cirurgião-dentista é obrigado a assumir uma postura cifótica, com ligeira rotação e hiperlordose da coluna cervical para conseguir visualizar a boca de seu paciente, além de manter contraídos os músculos do trapézio e deltoides durante a execução de seu trabalho.

As principais queixas são lombalgias, lombociatalgias, torcicolos, chegando a desenvolver até mesmo lesões graves, como hérnias de disco cervical e lombar. Para prevenção, faz-se necessário realizar exercícios de fortalecimento da região cervical, tais como isometrias em flexão e extensão do pescoço. Além disso, a cada meia hora de trabalho, ou entre um paciente e outro, deve realizar alongamentos nessa região.

Para a região lombar é necessário realizar exercícios de fortalecimento da musculatura do core, ou seja, músculos abdominais, glúteos e quadrado lombar, responsáveis por dar sustentação à postura. O alongamento também é indicado nas pausas estratégicas. Quanto mais treinada a musculatura, menor a ocorrência de dores e lesões que levam ao afastamento do trabalho, acarretando prejuízos financeiros.

Fonte: Implant News

Veja mais notícias

ANS determina que operadoras justifiquem por escrito negativa de cobertura

Ação promove saúde bucal aos moradores de aldeias indígenas

Enzima de algas marinhas fortalecem os dentes e combatem as placas

Comunicado – Horário especial.

São Paulo recebe IN 2013 entre os dias 25 e 28 de setembro

Congresso: Integração 2014

Crianças que nasceram prematuras tem dentes menores, segundo estudo

Congresso: Implante in Rio 2014

Profissional dentista, preencha seus dados e fique por dentro das nossas soluções odontológicas.
Nome: Email:  
Siga-nos FaceBook do Barra Laudo Siga o Barra Laudo no Twitter Linkedin do Barra Laudo Ident Barra Laudo

Rua Dalcídio Jurandir, n° 255,
Ed. Island Personal Offices, Sala 132,
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro-RJ
CEP: 22631-250



Tel.: +55 (21) 3252-3350
|
[email protected]