Auxílio à cessação de tabagismo deve fazer parte do tratamento periodontal

 

Os efeitos do tabagismo sobre a saúde geral e bucal são reconhecidos pela literatura científica, entre eles, maior prevalência, severidade e extensão de periodontite. Por isso, diversos pesquisadores recomendam que o auxílio à cessação do tabagismo seja parte integral do tratamento periodontal.

Intervenções comportamentais conduzidas por profissionais de saúde, principalmente os dentistas, podem mudar o comportamento de alguns fumantes, fazendo com que abandonem o tabagismo. As consultas odontológicas são normalmente mais longas e mais frequentes que as consultas com médicos, o que ajuda a criar vínculos mais próximos. Além disso, dentistas podem explorar problemas bucais causados pelo cigarro, como manchas dentárias, halitose e doença periodontal.

Estudos recentes mostram que intervenções antitabágicas propostas por dentistas promovem taxas de cessação de até 35%. Apesar disso, menos de 20% dos dentistas perguntam sobre tabagismo para seus pacientes. Por outro lado, periodontistas estão mais envolvidos na cessação de tabagismo: 96% deles perguntam sobre o hábito de fumar aos seus pacientes, 39% auxiliam o paciente a controlar ou prevenir recaídas e 23% encaminham os pacientes para programas antitabágicos.

Fonte: Implant News

Auxílio à cessação de tabagismo deve fazer parte do tratamento periodontal

 

Os efeitos do tabagismo sobre a saúde geral e bucal são reconhecidos pela literatura científica, entre eles, maior prevalência, severidade e extensão de periodontite. Por isso, diversos pesquisadores recomendam que o auxílio à cessação do tabagismo seja parte integral do tratamento periodontal.

Intervenções comportamentais conduzidas por profissionais de saúde, principalmente os dentistas, podem mudar o comportamento de alguns fumantes, fazendo com que abandonem o tabagismo. As consultas odontológicas são normalmente mais longas e mais frequentes que as consultas com médicos, o que ajuda a criar vínculos mais próximos. Além disso, dentistas podem explorar problemas bucais causados pelo cigarro, como manchas dentárias, halitose e doença periodontal.

Estudos recentes mostram que intervenções antitabágicas propostas por dentistas promovem taxas de cessação de até 35%. Apesar disso, menos de 20% dos dentistas perguntam sobre tabagismo para seus pacientes. Por outro lado, periodontistas estão mais envolvidos na cessação de tabagismo: 96% deles perguntam sobre o hábito de fumar aos seus pacientes, 39% auxiliam o paciente a controlar ou prevenir recaídas e 23% encaminham os pacientes para programas antitabágicos.

Fonte: Implant News

Veja mais notícias

Feriado de Páscoa

Mau hálito pode ser causado por má higiene bucal e também por doenças

Digitalização de Modelos

Soluções Técnológicas

Horário especial de atendimento.

Congresso: Implante in Rio 2014

Clareamento dental sem supervisão pode causar até câncer

Enzima de algas marinhas fortalecem os dentes e combatem as placas

Profissional dentista, preencha seus dados e fique por dentro das nossas soluções odontológicas.
Nome: Email:  
Siga-nos FaceBook do Barra Laudo Siga o Barra Laudo no Twitter Linkedin do Barra Laudo Ident Barra Laudo

Rua Dalcídio Jurandir, n° 255,
Ed. Island Personal Offices, Sala 132,
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro-RJ
CEP: 22631-250



Tel.: +55 (21) 3252-3350
|
[email protected]